Lição #1 de 3

Como Tom Platz conseguiu ser o dono das melhores e maiores pernas do fisiculturismo, agachando apenas 2x no mês?

“Me chamaram de sortudo, mas sorte é quando a preparação encontra a oportunidade e eu treinei anos, anos e mais anos para ter essa sorte”

Tom Platz

“O seu treino é o meu aquecimento”

Dave Draper

GOLD’S GYM, CALIFÓRNIA 1978

Em uma tarde ensolarada na Califórnia, Tom Platz chega para mais um dia de treino, ao entrar na academia, ele olha ao redor e a academia está vazia do jeito que ele gosta.

Vai para o rack de agachamento, então ele coloca 50 quilos de cada lado para fazer o seu aquecimento, um peso considerado leve por ele.

Final do aquecimento e o treino de verdade começa, Platz coloca 115 quilos de cada lado e se concentra para agachar com 230 quilos.

Ele desce e sobe com muita dificuldade para fazer a primeira repetição, mas mesmo assim ele encontra forças para fazer 10 repetições e no momento que estava finalizando a série…

O seu nariz começa a sangrar com a gigantesca pressão a que o seu corpo é submetido, finaliza as 10 repetições e cai no chão, essa é só a primeira série.

Platz exausto após a primeira série...

Algumas pessoas gostam de viver sem se arriscar muito, estão satisfeitas em ter uma existência segura, mas como acabamos de ver, Tom Platz não é deste tipo.

Ele ousa se arriscar e tomar riscos calculados, atitude comum em pessoas bem sucedidas e por isso ele é considerado o dono das melhores pernas da história do fisiculturismo.

E ele não assumiu riscos apenas nos seus treinos, mas também ao decidir seguir a carreira de fisiculturista.

Sendo filho de pai militar, Tom desde cedo esteve acostumado a disciplina e isso foi de extrema importância para o seu crescimento como fisiculturista.

Tom Platz nasceu em 1955 dentro de uma base militar. Quando completou seus 10 anos de idade, ele ganhou um presente que definitivamente mudaria a sua vida.

Seus pais lhe deram de presente de aniversário um kit com pesos, Tom não se conteve de alegria, ele e o seu pai improvisaram uma academia no porão, onde Platz passava horas treinando.

Durante sua adolescência, Platz começou a treinar na academia da escola e aos 18 anos ele participou da sua primeira competição, O Mr. Adonis de 1973

Platz aos 18 anos e depois no auge da sua forma física...

Durante cinco anos, Platz competiu como amador, em 1978 ele venceu o campeonato mundial amador da IFBB, na categoria meio pesado.

Neste momento, Platz percebeu que poderia ter uma carreira profissional no bodybuilding e viver o seu sonho.

Então sem pensar 2 vezes ele assume o risco e decide se mudar para a Califórnia, com um grande sonho e apenas 50 dólares no bolso.

E não deu outra, o seu destino na Califórnia foi a GOLD’S GYM, templo do fisiculturismo e casa de grandes nomes da musculação, como o mestre Arnold.

Assim que ele chegou na GOLD’S GYM, ficou chocado ao ver que ninguém agachava e eles mantinham os bancos velhos e as gaiolas de agachamento em um canto escuro e sujo. 

Então Platz começou a usar o equipamento, sempre procurando trazê-los para o centro da academia.

E como ele era um novato ali, apareceram alguns professores que recomendavam que ele abandonasse o agachamento, e ele simplesmente olhava e ria sem acreditar, e perguntava se eles estavam falando sério. 

Independente de qualquer situação ele continuava fazendo seus agachamentos, e com mais vontade ainda.

Chegou um momento em que parecia que o agachamento tinha se tornado um esporte separado do bodybuilding.

Devido a intensidade do treino do Platz, vários atletas voltaram a praticar o agachamento e as vezes eles faziam uma roda de 8 a 10, disputando quem pegava mais peso, ou fazia mais repetições. 

Platz afirma que a cada treino desses ele sentia como se fosse morrer, devido a grande intensidade dessa disputa, mas quase sempre saía vitorioso da brincadeira. 

Ter as melhores pernas que o fisiculturismo já viu é um orgulho para ele até nos dias de hoje, mas isso o atrapalhou na busca do Mr Olympia, às suas pernas eram muito grandes e seu corpo perdeu em simetria.

Tanto que ele afirma que nos anos 80, passou a agachar apenas duas vezes por mês, com a intenção que suas pernas não crescessem tanto e ele conseguisse manter o físico mais simétrico. 

Mas não adiantou e aconteceu justamente o contrário, porque elas começaram a aumentar mais ainda, e com muito mais qualidade. 

Ele disse que chegava a fazer 200 kgs com 40 repetições, 250 em 25, e 150 para 50 repetições, e isso com um peso corporal de 90 a 100 kgs. 

Com certeza um monstro da musculação e dono das melhores pernas que já existiram…

Agora você deve estar se perguntando, como um cara que agacha somente 2 vezes por mês consegue ter às melhores pernas que o fisiculturismo já viu?

A resposta meu amigo puxador de ferro é: Divisão Muscular…

E se você quer entender sobre esse assunto e descobrir como aplicar esse método nos seus treinos, fique atento, porque amanha vou liberar a segunda lição, onde eu explico como a divisão muscular foi fundamental para Tom Platz.

Fique a vontade para deixar o seu comentário e dizer o que achou da lição e até dar sugestões de assuntos para as próximas lições.

 

Um grande abraço.

Fernando Sardinha.

QUERO IR PARA A LIÇÃO #02>> Clique aqui e veja a lição #02 <<